PDFImprimirE-mail

Nossa História

O Instituto Mineiro de Psicodrama Jacob Levy Moreno - IMPSI, dirigido por Maria das Graças de Carvalho Campos, iniciou suas atividades em Belo Horizonte no ano de 1989, para desenvolver atividades de Psicoterapia e Workshop.

Em 1990 iniciam-se workshops de finais de semana. Em 1995 os Workshops passam a ser temáticos, com o nome de CORPO INTEGRACAO, programados para 6 (seis) meses. Maria das Graças convida então, Evanderson Rodrigo Mendes e Saskia Andrade Vasconcelos para serem seus Egos Auxiliares.  Figuras de grande relevância para a construção do IMPSI - Instituto Mineiro de Psicodrama Jacob Levy Moreno, enquanto curso de Formação em Psicodrama. Evanderson com sua habilidade e espontaneidade desenvolveu toda parte teatral e  de expressão corporal do IMPSI - Instituto Mineiro de Psicodrama Jacob Levy Moreno. Saskia com sua capacidade administrativa e de organização mantinha os arquivos e os trabalhos registrados.

qs4

A pedido dos participantes dos Workshops foi criado em 1997, o GEP – Grupo de Estudos em Psicodrama, sob orientação pedagógica do Dr. Wilson Castelo de Almeida. Esse primeiro grupo foi a mola propulsora, a semente germinadora do IMPSI – Instituto Mineiro de Psicodrama Jacob Levy Moreno. Inclusive a sigla IMPSI foi sugerida por um dos alunos da época: Arthur de Carvalho.

Nesse mesmo período, Wilson Castelo de Almeida (1997), então, Editor da Revista Brasileira de Psicodrama, solicitou a Maria das Graças de Carvalho Campos que escrevesse para a sessão CARTA AO EDITOR sobre o Psicodrama em Belo Horizonte.

Essa carta resultou no final de 1998, em um telefonema e um convite de Heloisa Junqueira Fleury, então Presidente da FEBRAP – Federação Brasileira de Psicodrama, após várias reuniões e ajustamentos em 1999, no dia 8 de Maio, nasce o IMPSI - INSTITUTO MINEIRO DE PSICODRAMA JACOB LEVY MORENO.

No ano de 2000 O IMPSI - Instituto Mineiro de Psicodrama Jacob Levy Moreno é reconhecido pela FEBRAP. Inicia-se a primeira turma do Curso de Formação em Psicodrama.

No período de 1998 a 2008, o IMPSI - INSTITUTO MINEIRO DE PSICODRAMA JACOB LEVY MORENO teve o enorme prazer de receber professores e grandes mestres em Psicodrama: Wilson Castelo de Almeida; José Fonseca; Agenor Vieira de Morais Neto; Albor Renõnes; Maria Amália Vitalle; Rosa Cukier; Rosa Silvestre; Marco Antonio Amato; Sergio Perazzo; Maria Aparecida Zampiere; Luiz Contro; Maria do Carmo Mendes; Margareth Calmon; Wedja Granja Costa; Rosangela Augusta Silva; Mario Freire Barbosa Filho: Lilian Tostes e Iara Monjardim.

Outros que não vieram, mas tiveram grande contribuição: Moysés Aguiar, Heloisa Fleury, Marlene Marra, Yvette Datner, Nice Pereira, Madalena Cabral Redher, Waldek Barreto de Almeida, Carlos Alberto Souza Barbosa, Terezinha Tomé Batista.

Ainda em 2000 inicia-se uma nova expansão para a Psicoterapia no IMPSI - Instituto Mineiro de Psicodrama Jacob Levy Moreno que passa a ter como parceiros: Evanderson Rodrigo Mendes, Carlos Alberto Loureiro, Marilene Ferreira Gonçalves, Juliana dos Santos Soares, Ana Luiza de Azevedo Junqueira, Ricardo Simões Jaenicke e Érico Douglas Vieira.

Em 2001 o IMPSI realiza o I Encontro de Psicodramatistas em Formação.

Em 2002 os alunos da III Turma do IMPSI - Instituto Mineiro de Psicodrama Jacob Levy Moreno, sob a coordenação de Sirlene Margarida Pedro, Amanda Chaves Rocha e Virginia Damasceno realizam o 1º Encontro de Psicodrama em BH. Esse Encontro teve a participação de vários psicodramatistas e a participação amiga e afetuosa da Regional Sudeste: DELPHOS, PEGASUS e SOMOPSI.  Mais uma vez o IMPSI - Instituto Mineiro de Psicodrama Jacob Levy Moreno é agraciado por seus alunos.  

Em 2002 Roseane Lisboa e Andréa Chagas criam no IMPSI - Instituto Mineiro de Psicodrama Jacob Levy Moreno a primeira Trupe que foi a semente da Trupe Teatro de Criação.

Em 2003, estréia o Curso de Pós Graduação Lato Sensu em convenio à Faculdade Metropolitana, parceria consolidada por Ana Edith Bellico da Costa, uma das pioneiras do Psicodrama em BH. O Curso de Pós contou com a colaboração de José Fonseca Filho, Rosa Cukier, Maria Amália Vitalle e também com Professores Psicodramatistas mineiros renomados e formados pela SOBRAP BH: Thelma Teixeira, Maria Inês Pinto Coelho, Júlia Maria Chalita, Beatriz Flecha, Zoé Chaves Vale, Nélia Vale, Dolores Pena Sollero.

Hoje contamos também com professores convidados formados pelo IMPSI: Adailton Altoé, Ana Luiza de Azevedo Junqueira, Ana Fonseca Martins, Andrea Chagas, Anna Claudia Eutrópio Batista, Aparecida Debona, Carolina Peixoto, Cristina Pinto Coelho, Érico Douglas Vieira, Evanderson Rodrigo Mendes, Giselainy Vilela, Gustavo Queiroz Guimarães, Josely Durães, Juliana Belo, Juliana dos Santos Soares, Juliana Garcia, Kátia Isidoro, Katja Miranda, Lucimar Magalhães, Maria Lucia Eduardo, Raquel Furiati, Ricardo Simões Jaenicke, Roseane Lisboa, Saskia Andrade de Vasconcelos, Sirlene Pedro e Vilene Eulálio de Magalhães. Sendo que Ana Luiza de Azevedo Junqueira, André Magnani, Andréa Maia, Carlos Alberto Loureiro, Caroline Rady, Cristiane Leite, Érico Douglas Vieira, Juliana dos Santos Soares, Juliza Silva, Maria Carolina R. Tomé, Marilene Ferreira Gonçalves e Ricardo Simões Jaenicke tornaram-se as novas figuras de destaque para a construção do IMPSI - Instituto Mineiro de Psicodrama Jacob Levy Moreno.

Ana Luiza de Azevedo Junqueira, Érico Douglas Vieira, Evanderson Rodrigo Mendes, Juliana dos Santos Soares, Marilene Ferreira Gonçalves e Ricardo Simões Jaenicke durante todos esses anos contribuíram de maneira singular nos projetos de expansão do IMPSI - Instituto Mineiro de Psicodrama Jacob Levy Moreno.

Não podemos ainda esquecer o empenho substancial de Paula Vargas, Karla Peixoto e Janaina Barreto Fernandes que ao longo desses anos, cada uma no seu tempo, colaborou para a organização do IMPSI - Instituto Mineiro de Psicodrama Jacob Levy como um todo.

Em 2004 a FEBRAP - Federação Brasileira de Psicodrama nomeia como Presidente do XIV CONGRESSO BRASILEIRO DE PSICODRAMA Maria Cecília Veluk Dias Baptista (Equipe do DHELPHOS).

O IMPSI - Instituto Mineiro de Psicodrama Jacob Levy Moreno foi convidado pela Comissão Organizadora a fazer parte da Comissão de Logística, tendo como coordenadora Marilene Ferreira Gonçalves (Equipe IMPSI)

Pela primeira vez, Belo Horizonte, Minas Gerais, é palco para o XIV CONGRESSO BRASILEIRO DE PSICODRAMA. O Tema: SOCIEDADE BRASILEIRA EM CENA - A AÇÃO TRANSFORMADORA DO PSICODRAMA. Este também foi o Primeiro Congresso de Psicodrama com atividades em instituições, parques, comunidades carentes, creches e aglomerados.

O IMPSI - Instituto Mineiro de Psicodrama Jacob Levy Moreno participa dessa história que marca uma trajetória diferenciada nos Congressos de Psicodrama.

Wilson Castelo de Almeida (2003) publicou:

Um dado importante, como uma nova experiência socionômica, é que não ficaremos confinados em gueto hoteleiro. Seremos livres e soltos, interagindo com a população local, com o seu olhar zombeteiro, com o seu sorriso maroto, cantando versos de seus poetas, observando a sociometria de sua gente, mobilizando grupos sociais para a ação sociodramática, o ato reflexivo e os resultados pedagógicos, terapêuticos e operativos. Se a temática do Congresso é vivenciar a Ação Transformadora do psicodrama sobre a sociedade brasileira, nada melhor  do que sair às  ruas e ir a onde o povo está.

Nessa oportunidade, o IMPSI - Instituto Mineiro de Psicodrama Jacob Levy Moreno, representado por sua Diretora Maria das Graças de Carvalho Campos, homenageou os pioneiros do Psicodrama em Belo Horizonte. Muitos deles estiveram presentes neste evento, entre eles o Dr. Pierre Weil (1924-2008).

Em 2005 Érico Douglas Vieira abre frente para novos empreendimentos do IMPSI como a parceria com as Faculdades de Psicologia para Estágio em Psicodrama e as Jornadas de Psicodrama para Universitários.

Em 2008 nasce a Casa do Encontro , espaço destinado para supervisão de alunos e ex - alunos de psicodrama.

Hoje completam  este quadro os seguintes profissionais: Ana Paula S. Goulart, Clarissa Freitas Pinto, Jordana de Figueiredo Maurício, Juliane Saborido, Karla Peixoto, Raquel Masini Freez, Rodrigo Padrini, Romildo Batista, Samara Souza,Valdeci Santos, Regina Bittencourt, Rodolfo Fernando Costa e Silva e Soraya Garrido Leão.

Em 2012 Clarissa Freitas Pinto, Rodolfo Fernando Costa e Silva, Valdeci Santos organizam o primeiro Workshop de Teatro Espontâneo.  Pela primeira vez vamos receber Moysés Aquiar e Gelse Beatriz Monteiro.

O IMPSI - Instituto Mineiro de Psicodrama Jacob Levy Moreno - Belo Horizonte- BH - Minas Gerais é uma instituição formadora de psicodramatistas, prestando serviços à comunidade, com atendimento em Psicoterapia, Terapias Comunitárias e Consultorias Empresariais. Desenvolve Atividades Culturais, através das apresentações de Sociodramas e do Teatro de Criação: Trupe DK, Encontros de Psicodrama e Jornadas Universitárias.

Ao longo dos anos Ricardo Simões Jaenicke (Vice-Diretor do IMPSI) vem desempenhando um papel extremamente relevante na instituição fortalecendo a imagem do IMPSI- Instituto Mineiro de Psicodrama Jacob Levy Moreno. Por aqui ele já caminhou coordenando vários projetos: Estágio para Universitários, Grupos de Supervisão, Grupos de Estudos, Monitor do Curso de Pós, Ego auxiliar em Psicoterapia e Membro ativo da Trupe DK.

Acesse os nossos links e conheça os nossos pioneiros homenageados, os nossos parceiros e os co-construtores do IMPSI - Instituto Mineiro de Psicodrama Jacob Levy Moreno.

O IMPSI agradece a todos que participaram e aos novos participantes e como o mestre dizia:

 

Meu eu e o Teu Eu. Quantos Eus somos nós? (MORENO, 1992)

 

Referências Bibliográficas:

ALMEIDA, Wilson C., Carta ao Editor in Revista Brasileira de Psicodrama, vol. 5, nº 1, 1997, p. 129

ALMEIDA, Wilson C., Revista Brasileira de Psicodrama, vol. 11, nº 2, p.7, 2003

MORENO, Jacob Levy, As Palavras do Pai. Editorial Psy. 1992, p. 195

CAMPOS, Maria das Graças de C., Arquivos do IMPSI, 1989.